pt Portuguese

Série de O Senhor dos Anéis: O que são os Anéis de Poder?

Na obra de J.R.R. Tolkien, existem 20 grandes anéis – um deles forjado por Sauron na Segunda Era para controlar todas as raças da Terra Média.

Falta pouquíssimo para a estreia de O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder, uma das séries mais aguardadas de 2022 ao lado de House of the Dragon. Baseada sobretudo nos apêndices da famosa trilogia escrita por J.R.R. Tolkien, a nova produção do Amazon Prime Video se passa durante a Segunda Era da Terra Média, milhares de anos antes dos eventos mostrados em O Senhor dos Anéis e em O Hobbit. Mas o que são, afinal, os chamados Anéis de Poder?

De acordo com a profecia que ouvimos nos minutos iniciais de A Sociedade do Anel (2001), narrada por Galadriel (Cate Blanchett), são 20 grandes anéis ao todo. “Três para os Elfos, imortais, os mais sábios e belos de todos os seres. Sete para os Senhores-Anões, grandes mineradores e artífices dos corredores das montanhas. E nove foram dados à raça dos Homens, que, acima de tudo, deseja poder”, conta a Dama de Lothlórien.

Ela acrescenta que um último artefato foi produzido: o Um Anel, pertencente a Sauron. É justamente aquele que vemos no prólogo do primeiro filme dirigido por Peter Jackson, quando Isildur (Harry Sinclair) corta o dedo do vilão com sua espada e, assim, arranca-lhe seu precioso.

Na mitologia de Tolkien, foi o primo de Galadriel, o Elfo Celebrimbor (interpretado por Charles Edwards na série), quem forjou os Anéis de Poder. Exímio artesão do reino de Eregion e descendente de um dos mais influentes clãs élficos, ele o fez com o auxílio de uma figura misteriosa que se apresentava como Annatar, o Senhor dos Presentes.

Dono de uma beleza tão angelical quanto diabólica, o estranho era o próprio Sauron disfarçado, quando ainda podia assumir uma forma “normal”. Enquanto Celebrimbor trabalhava nos anéis élficos, ele criou o Um Anel em segredo, nas labaredas da Montanha da Perdição. O seu, no entanto, seria capaz de dominar os demais e torná-lo a criatura mais poderosa da Terra Média.

Vale lembrar que o principal efeito dos anéis era corromper o espírito de seus portadores – e cada povo reagia de uma maneira diferente a esse controle. Os Anões, por exemplo, eram difíceis de manipular graças à sua teimosia, de modo que os anéis fizeram apenas crescer sua sede por ouro e seu desejo de acumular riqueza, reforçando a tendência protecionista que eles naturalmente têm.

Os nove Homens, mais fáceis de corromper, se dobraram completamente à vontade de Sauron e se transformaram nos Nazgûl. Isto é, escravos involuntários do vilão e seus principais tenentes. Depois de muitos anos sob o jugo do Um Anel, viraram espectros invisíveis para todos, menos para Sauron e para quem usasse o artefato.

De fato, o Senhor do Escuro só não conseguiu adulterar a forja dos três anéis élficos – Narya, Nenya e Vilya –, que foram confiados respectivamente a Círdan, Galadriel (agora encarnada por Morfydd Clark) e Gil-galad (Benjamin Walker) para que os protegessem.

Cada um dos anéis está associado a um elemento e, portanto, carrega poderes mágicos específicos: Narya ao fogo; Nenya à água; e Vilya ao ar. Eventualmente, Gandalf herda o Anel de Fogo, e Elrond fica com o Anel de Ar. Quanto ao Anel de Água, Galadriel foi a única que o colocou no dedo.

Cinco temporadas estão planejadas para O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder, o que deixa bastante tempo para os criadores da série, J. D. Payne e Patrick McKay, explorarem essa corrupção latente e destrutiva. Sem dúvida, vai ser uma atmosfera sombria.

Total
0
Shares
Prev
Nvidia e AMD: EUA restringem venda de chips de treinamento de IA para a China

Nvidia e AMD: EUA restringem venda de chips de treinamento de IA para a China

Nvidia e AMD disseram que seus chips foram afetados pelos novos limites de

Next
Veículos elétricos: alta demanda sobrecarrega operações de mineração dos EUA

Veículos elétricos: alta demanda sobrecarrega operações de mineração dos EUA

Pode não haver depósitos minerais críticos suficientes nos EUA para satisfazer a

Recomendado